Este blogue será utilizado na nova Unidade Curricular - Metodologias de Investigação do Programa Doutoral Multimédia em Educação. Os elementos do grupo são: Carlota Lemos,Cláudia Cruz, Isabel Araújo, Luís Pereira e Lurdes Martins.

26
Mar 10

Poder podia... Mas não era a mesma coisa!


O teste t pode distinguir-se em duas vertentes:


Teste t para amostras não relacionadas:


Compara as médias de uma variável para dois grupos de casos independentes, ou seja, grupos entre os quais não há relação no que toca a pessoas ou objectos.


Pode ser utilizado quando o número de casos é bastante pequeno.


Ex: Permite saber se a taxa de colesterol de um gestor é a mesma da população em geral; se os licenciados trabalham 40 horas por semana em média, etc.


Teste t para amostras relacionadas


Compara as médias de duas variáveis para um mesmo grupo.


Ex: Comparar a tensão arterial de um grupo de indivíduos antes e depois de um tratamento.


As variáveis a comparar são a tensão arterial antes do tratamento e depois do tratamento.


Cenário alternativo: Comparação entre um grupo de sujeitos e um grupo de controlo.


Num estudo sobre tensão arterial, o sujeito e o seu par de controlo poderiam ser emparelhados por idade.


Pereira, A. (2006). Guia prático de utilização do SPSS - Análise de dados para Ciências Sociais e Psicologia. Edições Sílabo, lda. Lisboa;


comentário:
Se alguém podia viver sem a MATEMÁTICA?
iaraujo a 26 de Março de 2010 às 12:57

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
27



arquivos
pesquisar
 
blogs SAPO