Este blogue será utilizado na nova Unidade Curricular - Metodologias de Investigação do Programa Doutoral Multimédia em Educação. Os elementos do grupo são: Carlota Lemos,Cláudia Cruz, Isabel Araújo, Luís Pereira e Lurdes Martins.

23
Mar 10

Concordo com a Cláudia quanto à complexidade deste tema. Penso que tal deriva, não só dos termos técnicos mas também da sua utilização descontextualizada do real e da parte prática.


No sentido de tentar clarificar um pouco mais esta questão reporto-me a Carmo e Ferreira (1998).


Métodos Quantitativos:


Utilização ligada à investigação experimental ou quasi-experimental o que pressupõe:



  • observação de fenómenos;

  • formulação de hipóteses explicativas desses fenómenos;

  • controlo de variáveis;

  • selecção aleatória dos sujeitos de investigação (amostragem);

  • verificação ou rejeição das hipóteses mediante recolha rigorosa de dados, sujeitos depois a uma análise estatística e uma utilização de modelos matemáticos para testar essas mesmas hipóteses;


Implicam:



  • Revisão de literatura pertinente - essencial para:


    • a definição dos objectivos do trabalho

    • a formulação de hipóteses

    • a definição de variáveis




 



  • Plano de investigação estruturado pelo investigador, com:


    • objectivos e procedimentos de investigação indicados pormenorizadamente



  •  

  • Testes para testagem de hipóteses (entre outros):


    • teste t

    • teste de Mann-Whitney;

    • ANOVA (análise de variância);

    • MANOVA (análise da variância multivariada);




Limitações:


 



  • Complexidade dos seres humanos;

  • Estímulo que dá origem a diferentes respostas de acordo com os sujeitos;

  • Grande número de variáveis cujo controlo é difícil ou impossível;

  • Subjectividade por parte do investigador;

  • Problemas da validade e fiabilidade dos instrumentos de mediação;


validade de um instrumento - adequação para medir o "objecto" de estudo;


fiabilidade de um instrumento - capacidade para que diferentes investigadores obtenham resultados iguais.


 


Carmo, H. e Ferreira, M. (1998). Metodologia da Investigação - Guia para auto-aprendizagem. Universidade Aberta


Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
27



arquivos
pesquisar
 
blogs SAPO